Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Quando viajar de avião

DICAS PARA PREVENIR O JET LAG

Voar através de fusos horários pode desequilibrar o relógio interno do corpo e causar uma fadiga exterma que pode durar de dois a uma semana.

  • Se quer descansar, tente tomar melatonina antes de levantar voo. A melatonina é uma hormona natural que regula o ritmo gracadiano e se vende sem receita médica na maior parte das farmácias.
  • Em alternativa, experimente um remédio homeopático chamado no Jet Lag. O ingrediente activo principal é arnica, um extracto vegetal.
  • Evite o álcool e as bebidas com cafeína durante o voo. Beba bastante água.
  • Se consegue dormir em aviões, durna forçar-se a ficar acordado com a ideia de que isso o vai ajudar a dormir melhor mais tarde raramente funciona. Durma sempre que puder.
  • Quando está acordado, levanta-se e ande pelo avião com frequência.
  • Acerte o relógio para o fuso horário do seu destino assim que o avião levantar voo.
  •  

Mais uma dica do Dean Karnazes

 

publicado por Álvaro Pinto às 22:27
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Correr em Montanha

Descida Pouco Técnicas

Se for uma descida rápida e pouco exigente tecnicamente, deves correr o mais rápido que puderes, sempre num movimento controlado, tendo em conta que se for uma competição longa, depois da descida vamos ter obrigatoriamente que subir. Para as subidas convém avançar com mais para a frente.

 

Descida com muita técnica

O que atrasa mais os atletas de corrida da montanha são as descidas com obstáculos, que nos impedem correr mais rápido: rochas, piso irregular, pedras soltas, raízes. Quando for assim, a técnica a aplicar varia em função de outros factores, como por exemplo se o piso está seco ou molhado. Quando a descida está húmida, avançamos com passos rápidos e apoios ligeiros e curtos.

Se a descida estiver seca podemos correr com grandes saltos a apoiar totalmente o pé.

Quando a descida for muito pronunciada crava os calcanhares e recua o centro de gravidade, diminuindo assim as hipoteses de queda.

Subidas com pouca inclinação

Sempre que a subida o permita, seja pelo grau de inclinação ou piso, o melhor é fazê-la a correr. Convém treinar esta técnica com ritmos baixos e seguros, mantendo o contacto visual com o chão, ou se i fizermos em grupo, a olhar para os pés do corredor da frente.

Avança com passos muito curtos, levanta pouco os pés do chão e dá um impulso mínimo com os braços.

 

Subidas muito pronunciadas

Alguns especialistas apoiam as maõs nos quadrícipites quando andam em montanha, fazendo efeito de alavanca.

Só se aconselha esta técnica quando as subidas forem muito pronunciadas ou se o piso tiver pedras e raízes grandes,, degraus naturais criados pela erosão da rocha, ou seja, irregular.

O mais provável é que caminhes com a mesma rapidez com que corres, com a vantagem que andar solicita grupos musculares diferentes e por isso descansas mais direito possível, para facilitar a respiração.

(dicas retirada da revista sport life)

publicado por Álvaro Pinto às 22:47
link do post | comentar | favorito
|

.Quem Sou

.pesquisar

 

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quando viajar de avião

. Correr em Montanha

.arquivos

. Janeiro 2015

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Ultras visitantes

stats counter
Website Hit Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds