Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

A minha 1ª Ultra Melides Tróia 2005

A minha primeira experiência nas Ultras-Maratonas começou na reedição do Raid Melides-Tróia em 2005 mais concretamente no dia 24 de Julho. Vou começar pelo princípio, os treinos, quando cheguei ao local de partida verifiquei que os meus treinos não tinham nada haver com a prova que estava prestes a começar, os treinos 90 % deles foram feitos em terra batida, os restantes 10 % na praia mesmo assim a distância percorrida não ultrapassava 0 kms por volta. Por isso não admira o tempo que levei a percorrer a distância dos 45 kms em 5h 49m 48s. A inexperiência era tão grande que começou logo no esquema de treinos mal direccionados para aquele tipo de prova, continuou na alimentação que preparei para levar naquele domingo, o que levou a gastar muito rapidamente a água, sim porque não havia abastecimento, a juntar a tudo isto achei desnecessário levar aquela fruta que a organização ponha à disposição dos atletas, achei que só ia pesar dentro da mochila mas ma passagem dos 30 Kms vi que tinha cometido o meu maior erro, mas lá fui correndo em direcção ao final que cada vez me parecia mais longe. À hora combinada toda a equipa já estavam fora das tendas Eu, Zé Alberto, Guilherme, Maria José, Eugénio Barra e o Ventura, faltava o Herculano que vinha directamente de Sintra. Depois do pequeno almoço tomado composto de uma barra energética acompanhada com água, lá saí da tenda devidamente equipado, depois de alguma indecisão quanto ao que devia levar, era aquela camisola, era a outra, o mesmo aconteceu com os calções também não foram de logo escolhidos, mas finalmente lá cheguei a um consenso. Estávamos todos um pouco nervosos porque nenhum de nós tinha feito uma prova daquela características nem coisa parecida e com tantos quilómetros, lá fomos para os carros, o relógio marcava 7h e 45m quando saímos do Parque de Campismo da Galé, pelo caminho vimos um Jeep capotado que nos fez atrasar um pouco porque fomos ver se havia alguém dá dentro ferido, felizmente não havia ninguém. Finalmente na partida onde já se encontrava o Herculano encontramos algumas caras conhecidas de outras provas, fomos assinar o livro de presenças e buscar os mantimentos que a organização punha à disposição dos atletas (1,5 l de água, barras energéticas e maças). À hora marcada 8h e 30m foi dada a partida, foi nessa altura que me veio ao pensamento, onde eu estava metido porque ao olhar no horizonte Tróia nem se via, estaria eu bem preparado para uma prova aquelas, agora era muito tarde para tantas questões, tinha era que chegar ao fim, e seguir os conselhos do Ginjeira, começar andar primeiramente só depois começar a correr, entretanto já o Herculano e Zé Alberto tinha ido com os da frente. Eu e o Ventura começamos a correr, Maria José, José Guilherme e o Eugénio ficaram para trás porque a Maria José começava apresentar sinal de não se adaptar a este género de prova, nós os dois cada vez mais estavam mais longe deles que já não dava para esperar. Para a nossa frente também não se via ninguém o mesmo acontecia para a nossa rectaguarda as distâncias eram agora de quilómetros a certa altura digo ao Ventura, ou nós estamos muito mal preparados ou então por volta da meia maratona íamos encontrar muita gente sentada à beira-mar, não foram muitos mas ultrapassamos alguns o Paulo Bailão, André Noronha, Severino, Guia e outros que caminhavam junto das rebentações que não sei os nomes, vínhamos com um andamento certo e constante onde a FC nos permitia impor esse andamento. A nossa maior dificuldade era a irregularidade das areias que tanto era mole e sem consistência como era dura e molhada por vezes havia fios dos pescadores espalhados pelas praias que se enrolavam aos pés. A nossa alimentação era as barras energéticas e água por volta dos 30 Kms fiquei sem água era tudo o que eu menos queria, em virtude de ter qualquer experiência a ligar com aquela situação e o sol estava a pique o relógio marcava 12h 30m, e tinha lido que lidar com a desidratação era preciso não perder o controlo emocional da situação. Digo ao Ventura não tenho mais água. Respondes ele: - Eu tenho uma garrafa de 0,33 l que há-de dar para os dois. O meu companheiro de corrida teve a palavras certas naquela altura, porque me aliviou daquela pressão que se tinha apoderado de mim, e lá fomos nós para os restantes 15 kms. Os restantes 15 Kms foram muito difíceis mais no campo psicológico onde de vez em quando vinha ao pensamento água se chegava para os dois, nestes momentos o Ventura teve sempre uma palavra de apoio para poderemos terminar os dois, lá chegamos a Tróia eu encontrava-me já sem forças física, porque psicológicamente também não era famoso, encontrava-me um pouco deshidratado. Finalmente Tróia fiquei muito contente comigo porque tinha terminado toda aquela aventura ao desconhecido, mais tarde chegou finalmente o Guilherme com a Maria José e todos nós tínhamos terminado.

publicado por Álvaro Pinto às 22:15
link do post | comentar | favorito
|

.Quem Sou

.pesquisar

 

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. 24 Horas de Hall Of Fame

. Maratona de Roterdão 2010

. Novas Provas - AXTRAIL - ...

. As minhas Provas

. 7º Cross da Laminha

. Maratonas

. As minhas provas de 2009

. AXTRAIL

. CLube Oriental de Lisboa ...

. 1º Serie do AXTRAIL - Gói...

. G P Queluz - Manuel Faria

. 1/2 Maratona de São João ...

. WOODSTOCK

. UTNLO

. Recomenda-se Visita

. Novas Provas

. Voltamos de Férias

. Ultra Trail Serra Freita ...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. V Peddy Paper GJMM 2009

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. MICHAEL JACKSON - MORRE O...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Ultras visitantes

stats counter
Website Hit Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds