Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

7º Cross da Laminha

Podemos começar pela primeira curta metragem do Moutinho.

http://www.omundodacorrida.com/phpBB2/showthread.php?p=71687#post71687

7º Cross da Laminha o que hei-de dizer foi tudo pela medida grossa, começou no trajecto acabou no almoço.

A começar pela explicação do Vitor Ferreira que subiu ao muro para dar umas explicações técnicas, que basicamente foram cuidado com a primeira descida, sigam as fitas.

Pondo em pratica as instruções do Vitor segui as fitas estavam tão visíveis que até parecia mal me enganar, um exemplo para as organizações.

Lama para todos os gostos com água, sem água, com e sem erva, a mesma dose nas pedras e até com um pouco de estrume para que gosto de percurso mais condimentados. 

Precurso a não dar tréguas não podia tirar os olhos do chão para evitar alguma queda que deixava mazelas.

Cruzei-me com os caminheiros por 4 vezes em duas delas encontrei o sr. Alfredo e a Catarina Silveira os representantes da Real Academia, nas outras duas as esposas do Carlos Fonseca e do Luís Miguel (Trigre), as senhoras com é habitual transmitiam alegria e boa disposição e tinham tempo de tirar algumas fotos como esta.

 

Comecei a corrida muito rápida para esta altura da época, tendo em conta que é a 1ª corrida e os treinos ainda são pouco, no primeiro Kms o tempo era de 4m 40s, havia uma razão forte também que os primeiros 400 metros eram a descer, mas logo começaram as dificuldades com as subidas e aos 5 Kms o tempo era de 27m e cheio de lama, com maior ou menor dificuldade e algumas vezes eram os arbustos que me mantinha de pé, ainda tive tentado e experimentar a lama por duas vezes, mas aguentei-me, até que por fim chegou a última subida os tais 400 metros iniciais e cortei a meta com 1h 07m 36.

O almoço foi um Real almoço e não fosse eu da Real Academia.

 

 

 

publicado por Álvaro Pinto às 19:23
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

Maratonas

 A Revista Atletismo de Janeiro 2010 no seu editorial do suplemento Mundo da Corrida assinado por António Manuel Fernandes, o editoralista expõe a sua opinião sobre a Prova Rainha do Atletismo as Maratonas Porto e Lisboa.

Não posso estar mais de acordo com aquelas linhas mas penso que entre as duas Maratonas Porto e Lisboa, a que se realiza no norte e na minha opinião tem uma enorme margem para crescer em número de inscrições talvez mais que Lisboa, pelo menos no que respeita ás inscrições caseiras.

Na minha opinião, que participo nas duas, a prova do Porto a presenta melhores condições de recepção aos atletas, apresenta com porta de entrada o Palácio de Cristal, naquele recinto reuni as entregas dos dorsais, brindes publicitários, uma pequena feira da maratona,  um espaço para refeições onde toca uma orquesta e, ainda sobra aquele espaço que tanto do agrado é dos atletas para a amena cavaqueira.

A juntar isto tudo ao contrário dos lisboetas os portuenses já vão tendo alguma cultura desportiva no campo da maratona, vem para a rua ver os atletas passarem e darem aquele apoio que tanto é necessário.

Denoto que existe muito trabalho de base em volta da Maratona do Porto não só da entidade organizadora, mas também das entidades oficiais e particulares e, principalmente dos atletas tem um carinho muito especial pela sua Maratona.

Se em Lisboa, e nesta Lisboa não estou a incluir só Xistarca, estou a pensar nas entidades oficiais, particulares, associações desportiva, clubes e atletas do sul (que tão criticos que são á sua maratona) se não dermos todos as mãos e trabalhar no sentido de prestigiar 25ª edição da Maratona de Lisboa e seguintes para que a prova seja uma das maiores Maratonas da Europa podemos correr o risco de ver a Maratona do Porto bem à nossa frente na meta.

O novo trajecto da Maratona de Lisboa é totalmente do meu agrado, sendo bastante duro do principio ao fim, penso que nem todas as Maratonas podem ser em linha recta.

Deixo aqui um alerta à organização da Maratona de Lisboa, na Maratona do Porto no final da prova dentro do saco vinha uma camisola seca para se trocar pela a do equipamento que esta suada.

Em Lisboa com Pedro Amorim

No Porto com Aurora Cunha

 

Os meus parabéns ao Manuel Sequeira pelo excelente trabalho que fez sobre as Maratonas Portuguesas.

 

publicado por Álvaro Pinto às 20:36
link do post | comentar | favorito
|

.Quem Sou

.pesquisar

 

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. 24 Horas de Hall Of Fame

. Maratona de Roterdão 2010

. Novas Provas - AXTRAIL - ...

. As minhas Provas

. 7º Cross da Laminha

. Maratonas

. As minhas provas de 2009

. AXTRAIL

. CLube Oriental de Lisboa ...

. 1º Serie do AXTRAIL - Gói...

. G P Queluz - Manuel Faria

. 1/2 Maratona de São João ...

. WOODSTOCK

. UTNLO

. Recomenda-se Visita

. Novas Provas

. Voltamos de Férias

. Ultra Trail Serra Freita ...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. V Peddy Paper GJMM 2009

. II Ultra Trail Geira Roma...

. II Ultra Trail Geira Roma...

. MICHAEL JACKSON - MORRE O...

.arquivos

. Janeiro 2015

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Ultras visitantes

stats counter
Website Hit Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds